fbpx

9 bons motivos pra criança fazer teatro

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Cursar teatro ajuda as crianças a se conhecerem e a confiarem no que têm para entregar ao contexto
teatro para crianças

Na experiência que tivemos ensinando teatro para crianças, aqui na Coexiste Artes Cênicas, percebemos que diversas habilidades e capacidades foram desenvolvidas direta e indiretamente, e que no fim do semestre, nossos alunos estavam mais expansivos, mais tranquilos, e muito mais felizes consigo mesmos! 

Então, resolvemos fazer uma lista que falasse um pouco sobre essas conquistas. 

1) Desenvolver uma atividade em equipe, de forma colaborativa

O teatro é uma atividade essencialmente de grupo, sem o outro ela não acontece. Para acontecer uma peça no final do semestre, os alunos precisam se unir e pensar juntos para achar caminhos e desenvolver maneiras de realizar as atividades que vão resultar na peça. O trabalho em equipe no teatro é muito prazeroso, e por isso ele gera uma referência de que fazer junto, contar com o outro é positivo e produtivo. 

2) Lidar com imprevistos

Diante de coisas que fogem ao nosso controle, como me posiciono pra lidar com elas? Teatro é ao vivo, e imprevistos acontecem. E a peça exige do ator que ele  contorne a situação, e siga adiante sem perder o fio da meada, afinal o público está ali. 

A gente percebe que essa habilidade é necessária na vida adulta, e se não foi desenvolvida na infância, ficamos muitas vezes inseguros, temendo a perda de controle. É muito alegre assistir os nossos alunos não se desestabilizando e encontrando alternativas em tempo real. 

3) Autonomia

Pra acontecer uma peça de teatro, muitos passos são necessários, e a grande maioria deles são dados pelos próprios alunos, que vão se descobrindo autônomos nesse processo. 

Autonomia de estudo: o aluno percebe que vai ter de estudar o texto pra estar pronto pro ensaio. O aluno percebe que depende dele o rendimento do ensaio, que é seu interesse. E pra isso, ele vai ter de estudar, e faz isso de maneira autoestimulada. 

Autonomia artística: a peça vai trazendo necessidades de objetos, figurinos, e  todos esses elementos vão sendo pensados e produzidos pelos próprios alunos.

4) Percepção de contexto 

O desenvolvimento da percepção de contexto, no teatro, acontece em dois níveis: 

Percepção dos colegas e percepção da história que vamos contar. 

Vemos que os alunos, no decorrer do curso de teatro, vão desenvolvendo interesse e sensibilidade para com os colegas. Eles passam a se preocupar e a cuidar uns dos outros de forma espontânea.

A história da peça tem uma lógica, tem coisas que cabem nela e coisas que não cabem. E a criança vai entendendo essa lógica e consegue contribuir ativamente através do que ela percebe que é pertinente ou não.

5) Energia e alegria direcionadas pra uma entrega

Crianças têm muita energia. Tudo é muito intenso, da alegria à frustração. Percebemos que o teatro é uma ferramenta incrível para pegar essa energia dispersa e transformar em energia focada. Através de exercícios, jogos e conversas, a criança aprende a focar essa energia e fazê-la útil, de maneira que essa energia sirva ao espetáculo. Esse movimento que a criança é convidada a fazer a deixa expansiva e contente consigo mesma. 

6) Reconhecimento e valorização da própria presença e da presença do outro

Como atividade que precisa de grupo pra acontecer, o teatro mostra nossa interdependência. Você precisa do outro pra fazer a cena, e ele precisa de você. Só você pode falar as suas falas, e você espera a deixa do outro. Cada um precisa estar muito consciente do seu papel, e nesse movimento se aprende sobre a própria importância e a importância do outro. 

7) Desenvolvimento da capacidade de leitura

Teatro e leitura andam juntos. O roteiro é lido e precisa ser entendido para, depois, ser aprendido. Isso significa que as habilidades de leitura e interpretação de texto são usadas o tempo todo, de maneira leve e intuitiva, já que o tempo todo estamos transformando aquele texto em fala e ação.

8) Capacidade de se colocar

Num ambiente acolhedor, receptivo e igualitário fica mais fácil se abrir, falar o que se pensa, fazer perguntas e até discordar de alguma coisa. Durante as aulas a construção desse ambiente vai encorajando a criança a se colocar, sugerir caminhos, propor brincadeiras e novas ideias, entendendo que conversar é absolutamente natural.

9) Autoconfiança

Precisamos de uma boa dose de autoconfiança para abrir a boca, falar e atuar na frente de uma plateia. Ao fazer teatro, a criança se percebe confiante de que o que ela vai entregar através da peça é importante para quem vai receber, e é assim que ela sobe no palco com soltura. 

O caminho do desenvolvimento da autoconfiança também é dessas coisas que, se desenvolvidas na infância, têm um impacto extremamente positivo na vida adulta. 


Todos esses aprendizados nasceram de histórias reais, dos aprendizados obtidos pelos alunos do Curso Livre de Teatro Kids, da Coexiste Artes Cênicas. Se você sente vontade de matricular seu filho ou sua filha nessa experiência, esse é o momento! Novas turmas Kids ( 7 a 10 anos) e Teen (11 a 14 anos) têm início em agosto de 2021, totalmente online, pelo zoom.

Curso Livre de Teatro Kids | Coexiste Artes Cênicas
Início: 04 ou 05/08/21
Aulas: quartas, das 15h30 às 16h30 ou quintas, das 10h30 às 11h30
Duração: 5 meses
Formato: 100% zoom
www.coexiste.com.br/teatro

Deixe um comentário:

Assine Nossa good news!

Você receberá um e-mail aos domingos com nossa News

Coexiste Good News

Coexiste Good News

Receba as novidades da Coexiste em seu e-mail!

Assine
a newsletter da Coexiste

Você sabia que pode receber no seu email a curadoria dos principais conteúdos da semana da Coexiste? Assine e receba Coexiste Good News todo domingo de manhã ☕️💌

Ao assinar a newsletter, você aceita nossa política de privacidade