fbpx

A motivação e o compromisso por trás do programa A Verdade Está No Ar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Depois de 500 edições ininterruptas, totalizando nove anos e sete meses sem falhar nenhuma semana, o programa A Verdade Está No Ar entrou numa pausa. Trazendo conteúdos existenciais profundos e tendo muito amor envolvido na entrega, Kaw Yin e Yan Yin nos contam um pouco dessa trajetória, e como podemos aproveitar este conteúdo
Programa A Verdade Está No Ar

O programa A Verdade Está No Ar completou 500 edições no final de fevereiro. 500 edições significam 500 semanas ininterruptas de um conteúdo absolutamente relevante que trata da nossa vida, da nossa existência. 

Para quem não conhece, A Verdade Está No Ar é um programa desenvolvido por Kaw Yin e Yan Yin, fundadores da Coexiste. Eles escrevem e apresentam o programa, que foi transmitido ao vivo semanalmente ao longo desses nove anos e sete meses de existência, toda quinta-feira, às 20h30, e nenhum deles tem menos de uma hora de duração, alguns tem mais de duas horas. 

O primeiro programa foi ao ar no dia 04 de agosto de 2011, pelo Ustream, plataforma que permitia a qualquer pessoa fazer um streaming ao vivo. Isso porque o Youtube não permitia ainda a transmissão ao vivo, o que só passou a acontecer em 2013, quando os programas foram transferidos para essa plataforma. 

Os temas dos programas foram muito variados, mas o assunto central sempre foi o mesmo: a Verdade sobre nossa existência e como ela pode ser vivida em todas as cenas e em todos os relacionamentos. Cada programa é uma oportunidade de olhar pra isso sob um novo viés. Títulos como  “O que há no mundo além de dados?”, “Juventude, a ilusão de quem acredita na velhice”, “Namorar, ficar, cumprir um protocolo ou abrir mão da felicidade?” , “Profissionalismo e o fim da violência” compõem a playlist do programa no YouTube, que soma 970 horas de conteúdo. 

Quem assiste o Avena, como é carinhosamente chamado pela equipe e pelos alunos da Coexiste, começa a perceber transformações importantes em seu jeito de pensar e de se relacionar com o mundo. Não é incomum chegar até a escola pessoas que assistiram todos os programas, em uma maratona, e são muito gratas pelo conteúdo. 

Agora o que motiva colocar no ar esse conteúdo tão relevante no ar? Como os temas são escolhidos? E ainda como aproveitar muito bem esse conteúdo? Kaw Yin e Yan Yin conversaram com a gente contando um pouco sobre essa história, e o que tem por trás de tamanha entrega. Confira: 

Como surgiu o programa a Verdade Está No Ar?  

Yan Yin: Fomos convidados primeiro para fazer um programa de rádio, na rádio Convenção de Itu (SP), e nós ficamos cerca de 2 anos fazendo esse programa, e era uma programa que acontecia de quinta-feira à noite, e tinha duas horas, era um programa que falava sobre o livro Um Curso em Milagres, era uma programa que chamava Milagres Acontecem, e nós abríamos um texto aleatoriamente e durante 2 horas conversávamos com os ouvintes sobre o texto. E eles faziam perguntas pelo MSN, era um programa muito legal, interativo, super gostoso. Chegou um momento em que o programa acabou e esses ouvintes começaram a sentir falta, e começaram a pedir pra gente continuar de alguma maneira. 

Kaw Yin: Mesmo porque era uma interação que a gente tinha com o público que era muito legal, e as pessoas gostavam e a gente também, era uma oportunidade de ter esse contato com as pessoas, né? É uma correspondência que não depende de nada presencial, né? A gente coloca no ar, as pessoas chegam e a gente interage com elas, se relaciona com elas. E a rádio proporcionava isso. 

Yan Yin: Sim, e nessa tentativa de continuar o trabalho da rádio, a gente ficou pensando no que a gente poderia fazer e o Marquinhos, o Marquinhos Toledo que teve a ideia de começar um streaming, uma live… é que na época não tinha live no Youtube, e nós começamos numa outra plataforma. Desde o primeiro programa A Verdade Está No Ar, sempre foi com conteúdo autoral. 

Como são escolhidos os temas? 

Kaw Yin: Nós temos uma proposta de relação com o mundo. Nós passamos a vida buscando coisas, querendo entender tudo, e querendo entender a vida, querendo entender a existência, querendo entender o mundo, a gente se conheceu assim, lá em 1989, a gente se conheceu num grupo de estudos sobre esse assunto. E de tanto buscar, nós encontramos muitas coisas, a gente chegou num lugar interessante, em que nós precisávamos compartilhar isso com as pessoas. E aí a gente fundou a Coexiste e gerou o curso A Verdade Presencial. E para esse curso, as pessoas começaram a chegar, e a gente gerou uma comunidade a partir desse curso, uma comunidade de pessoas extremamente interessadas, devotas e comprometidas com isso, com as quais nós trabalhávamos muito junto, assim, não são apenas alunos ou colaboradores dentro de um trabalho, são parceiros de vida. São parceiros de uma meta de trazer pro mundo essas soluções, essa consciência do que é, de fato, a vida, etc. E aí, essa comunidade, ela é muito rica de relacionamentos, muito rica de temas, porque os nossos relacionamentos são muito temáticos no que diz respeito à existência. Então, nunca faltou tema, porque a gente estava sempre trabalhando com isso, sempre conversando com as pessoas de uma forma muito íntima, muito profunda. E aí a gente tinha uma intenção muito forte de trazer elementos para que esses relacionamentos pudessem ser trabalhados de uma forma mais intensa, de uma forma mais rápida, mais produtiva, mais eficaz, sempre com a meta em elevar o nível de consciência, que é essa consciência sobre si mesmo e sobre as relações. E tem uma coisa que sempre nos acompanhou, que foi Deus. Me dá uma emoção muito forte quando eu falo disso. 

Yan Yin: Eu sempre falo que a Verdade Está No Ar é uma degustação da Coexiste, né? Por que? Justamente por conta disso que ele tava falando, porque tudo o que nós vivemos com todas as pessoas e entre nós acaba gerando saltos na mente que a gente precisa compartilhar com todo mundo. Então, o programa A Verdade Está No Ar sempre foi uma maneira de a gente alinhar com todos os alunos o tema da semana, o que está sendo conversado, o que está sendo falado em aula, o que a gente percebe que os grupos estão pedindo, o que estão querendo entender. 

Kaw Yin: Eu diria que, as pessoas são a nossa motivação e o silêncio é a nossa fonte de escuta a partir de Deus. É no silêncio que a gente consegue saber, porque individualmente não seria capaz de ter esse tipo de alcance. Individualmente fica tudo muito pequenininho, mas quando a gente silencia a nossa mente, e pede a Deus, não falta inspiração, não faltam respostas, não falta precisão, adequação , contextualização, viabilização, otimização e muita objetividade. 

Yan Yin: É exatamente isso! Você conseguiu… é, sem dúvida são 500 programas muito inspirados. Muito. 

São 500 programas, quase 10 anos no ar, como vocês se sentem com essa entrega? 

Yan Yin: 9 anos no ar,  só de pensar nisso, eu fico muito emocionada, o Kaw Yin tá chorando…hahahah. Dá muita emoção, sabe por que? Nós começamos isso muito despretensiosamente, assim, realmente querendo atender aos pedidos dos ouvintes do programa da rádio, e querendo compartilhar tudo o que a gente tinha, tudo o que a gente tem, e a coisa foi crescendo. Desde o primeiro programa tinha plateia, e as pessoas queriam assistir a gravação, e a coisa foi crescendo tanto que a gente precisou até mudar de prédio. O programa A Verdade Está No Ar foi um dos grandes motivadores da gente mudar de prédio. 

Kaw Yin: Com certeza. 

Yan Yin: pegar um prédio maior por conta dessa plateia , e eu fico muito emocionada quando eu penso que durante 9 anos não teve um empecilho pra gente fazer programa. Toda quinta-feira a coisa acontecia, acho que teve uma vez que faltou energia, talvez, uma vez, e mesmo assim, nós terminamos o programa com luz de celular, terminamos a transmissão pelo 4G , e das outras vezes, faltava energia, mas voltava na hora do programa.  Enfim, sempre deu certo, sempre deu certo, a gente nunca precisou adiar ou fazer qualquer coisa. Eu acho isso sensacional, eu acho isso incrível. 9 Eu sinto muita emoção, muita gratidão, muita gratidão a Deus, muita gratidão a todos que participam disso, é uma equipe que faz isso acontecer, e muita gratidão a todos os espectadores, todos que querem esse conteúdo, que querem mais verdade, querem Deus, querem saber sobre a existência , é muita emoção, muita gratidão, muita alegria , e aquela esperança de que o mundo , que a gente vai ver o mundo curado, sabe? 

Kaw Yin: E tem uma coisa, quando a gente trabalha junto para fazer as coisas acontecerem, porque sozinho a gente não faz nada, né? Mas é mais do que trabalhar junto, sabe? É um alinhamento tão forte de propósito, que as coisas são muito espontâneas, as coisas brotam nas pessoas de uma forma tão natural, tão alinhada com tudo o que nós queremos realmente fazer acontecer, que as coisas acontecem mesmo, que as coisas saem… É uma equipe trabalhando, enfim, é uma equipe amando. 

Houve algum desses 500 programas que foi mais marcante? 

Kaw Yin: é que todos me marcaram. 

Yan Yin: Não é à toa que ele fala que todos marcaram, porque pra A Verdade Está no Ar nascer, muitas,muitas, acho que quase todas as vezes, coisas têm que acontecer na minha mente. Não teve uma semana que não houve um salto consciencial para nascer um roteiro e para gente poder apresentar juntos no programa. Então, são mudanças na mente muito fortes e eu não vou conseguir dizer qual mudança foi mais forte, mais importante. Eu vivo aquele tema, vivo muito,  aí a gente entrega, e depois a gente fica com ele até o xeque-mate.. o programa acontece na quinta, e o treinamento de professores, que é o treinamento mais avançado da Coexiste, acontece no sábado à noite. No sábado à noite a gente termina de compartilhar num nível ainda mais elevado, porque são professores avançados, então a gente consegue ter uma conversa num outro nível, e aí eu entrego tudo o que eu tenho, e aí a gente vai pro próximo tema…

Kaw Yin: Cada tema é como se a gente molhasse uma toalha, e começa a torcer, e vai tirando tudo daquele tema, e depois a gente se junta com os mais avançados aí torce de um lado..

Como aproveitar esse conteúdo tão disruptivo? 

Kaw Yin: Os conteúdos são muito profundos, são muito disruptivos, talvez, em relação às crenças que o mundo, em relação a tudo o que as pessoas estão acostumadas a ver desde que nasceram, tudo o que elas aprenderam e tal, mas são conteúdos que traduzem o que todas as pessoas são, o que elas têm dentro do coração, o que elas têm na mente, o que elas têm dentro de si, o que tem a ver com a verdade sobre elas. Então, se tudo isso tem a ver com a verdade sobre elas, não pode ser difícil. Então a dica é: não acredite que isso é difícil. Não olhe para um contexto aparentemente complexo. Complexo é o mundo, a solução é simples. A solução está dentro das pessoas. A solução Deus já criou a nós resolvidos. Nós somos resolvidos por natureza. Então, muitas ideias complexas foram trazidas pro mundo,  mas aí está a complexidade. O que nós estamos trazendo não é difícil. Não é difícil porque traduz o que as pessoas são. Então, nunca ache que um tema que a gente coloca é difícil, olhe para esse tema com uma sensação de propriedade, sabe? Com a sensação de que esse tema é teu. Você já tem isso no coração. Não fique com medo do tema, pegue o tema para você e veja que você já sabia, e você só teve que se lembrar disso, porque isso é você, então não pode ser difícil, tá bom? 

Yan Yin: São 500 temas para você estudar mesmo. Mas eu acho que tem uma coisa que você pode realmente fazer para aproveitar esse conteúdo e conseguir recebê-lo, que é: leva a sério. Considera. Leva a sério o que foi falado. O Kaw Yin tava falando, não tenha medo do conteúdo porque ele já é teu, leve o conteúdo a sério, não ouça como se fosse mais uma teoria. Nós estamos falando da sua vida, da sua existência, nós estamos falando da sua Realidade, isso realmente é seu. Mas você precisa levar a sério. E aí existem maneiras sistemáticas de você estudar. Esses conteúdos foram feitos para serem estudados. Quando a gente escreve a gente tem a certeza de que isso vai ser estudado por muitos anos. Cada vez que você ouve, cada vez que você assiste, ou que você estuda esse programa, você aprende em uma outra oitava, e se você assistir os programa seguidos, vamos dizer assim, não é que eles têm uma continuidade, mas você vai observar uma evolução na mente, você vai observar que os programas começaram de um jeito e foram evoluindo, evoluindo a profundidade, evoluindo a maturidade, eles têm uma evolução. É uma boa prática assistir coisas na sequência, pra você ir junto nesse amadurecimento consciencial que o programa A Verdade Está No Ar oferece. Então, você precisa estudar os programas. Assistir várias vezes, anotar, gerar dúvidas na mente, todas as dúvidas podem ser respondidas. Nós estamos aqui, então você pode nos perguntar tudo o que você quiser, todo sábado, às seis da tarde, a gente abre a câmera só para responder dúvidas no Youtube, então se você estudar todos os programas, qualquer programa, e tiver dúvidas, entra no Coexiste Responde, pergunta para gente. Nós estamos aqui para te ajudar a compreender tudo isso que nós colocamos no ar, tudo isso que nós colocamos no mundo. Mas para você aproveitar, para você conseguir receber, e se apropriar desse conteúdo: leva a sério, porque é verdade. É verdade. Tudo o que foi falado é verdade. Leva a sério, não tenha medo, e se apropria desse conteúdo. 

Deixe um comentário:

Sobre

Esse é o Blog da Coexiste! Fica por perto que você vai ficar sabendo de tudo o que rola por aqui: atividades, experiências, cursos, workshops, dicas, matérias, conversas, tudo recheado de muita, muita sabedoria totalmente aplicável ao seu dia a dia. A Coexiste é um centro de treinamento existencial, uma escola que tem o objetivo de desenvolver metodologias, em muitos formatos, para elevar o status de consciência até que todos alcancem a plena consciência da Verdade sobre a Vida, sobre o mundo, sobre Si Mesmos e sobre Deus.

Posts Recentes

Vídeo em Destaque

Nas Redes

Assine Nossa good news!

Você receberá um e-mail aos domingos com nossa News

Coexiste Good News

Coexiste Good News

Receba as novidades da Coexiste em seu e-mail!