fbpx

Propósito acima de circunstâncias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Você tem uma meta? Um objetivo na Vida? Essa meta é realista o suficiente para que nenhuma circunstância te distraia ou te faça esquecer da sua meta? Pois é… será que existe um propósito forte e realista o suficiente ao ponto de estar acima de qualquer circunstância? Existe sim!
Propósito acima de circunstâncias

Roteiro do episódio #84 – Propósito Acima de Circunstâncias, do podcast Não Dá Para Desouvir, com Kaw Yin e Yan Yin.

Você tem uma meta? Essa meta é realista o suficiente para que nenhuma circunstância te distraia ou te faça esquecer da sua meta? Pois é… será que existe um propósito forte e realista o suficiente ao ponto de estar acima de qualquer circunstância?

Existe sim, e é por isso que o tema do episódio de hoje é:

PROPÓSITO ACIMA DE CIRCUNSTÂNCIAS

O que é propósito?

Propósito é o fim ou a meta para a qual se dirige um movimento e, ao mesmo tempo, é a motivação que justifica o foco para o qual se faz convergir a energia que move as ocorrências para esse determinado fim.

O que é um propósito real?

Um propósito real é um propósito que, quando alcançado, nos vemos no absoluto desfrute da realidade da nossa existência, ou seja, a nossa condição de existir como espírito que é real e que possui o poder de criar, se utilizando para isso do poder criativo da mente.

É também o que nos traz a possibilidade de passarmos a vivenciar qualquer circunstância, tendo como ponto de partida, a realidade do que somos, resgatando assim, a visão perfeita dos fatos e dando para todas as circunstâncias o seu real e único valor.

O que define a estabilidade de propósito:

A estabilidade de propósito está diretamente ligada ao fato desse propósito ser real ou não. Da mesma forma, somente podemos garantir fidelidade de propósito quando  assumimos um propósito real.

Um propósito real é um propósito que nos traz estabilidade emocional pelo fato de ser um propósito inevitável, visto que a realidade é inevitável. Sendo inevitável, esse propósito não corre riscos de não ser alcançado, é somente uma questão de tempo.

Quando assumimos um propósito real, não temos outro propósito concorrente pelo fato da realidade ser uma só realidade indivisível.

Se temos um único propósito, todo o resto é ferramenta desse propósito.

A partir de um real propósito, não temos mais circunstâncias boas ou ruins, são simplesmente oportunidades de otimização de um único e real propósito.

As circunstâncias não são úteis senão por um único motivo: pelo fato de tornar ou não o nosso propósito mais fácil ou mais rápido de ser alcançado.

É somente esse fator que pode gerar valor a qualquer item do contexto.

As circunstâncias são sempre meios. A questão está no estabelecimento do propósito.

É com base na escolha de propósitos que estabelecemos a forma de olhar para todas as circunstâncias que a nossa percepção nos mostra seguindo nossos próprios comandos.

As circunstâncias são sempre ferramentas e a utilidade que reconhecemos nelas é estabelecida pelos propósitos que escolhemos.

As circunstâncias são, portanto, apenas os meios para os fins que estabelecemos segundo o que está estabelecido em nosso sistema de pensamento.

As circunstâncias não são boas ou más. As circunstâncias são apenas o cenário que nos utilizamos para compor o que escolhemos como meios para alcançar os fins desejados.

Esse critério de interpretação das circunstâncias ocorre independentemente de estarmos equivocados ou não em nosso sistema de pensamento.

Porém, se queremos a verdade sobre a vida, sobre a existência, sobre o mundo, sobre o que somos, sobre nossa origem e sobre nossa relação com Deus, precisamos compreender algumas coisas que nos alinham com a Verdade sobre tudo.

Precisamos ter um contato mais profundo com a possibilidade de ver os fatos como realmente são e qual é o real valor que podemos atribuir a eles.

O real valor das circunstâncias, enquanto meios, está no estabelecimento do real propósito.

Quando estabelecemos um real propósito, assumimos também um compromisso com a verdadeira visão dos fatos que estarão dispostos em nossa frente com todas as ferramentas precisas para nos conduzir até a condição de ver a verdade sobre tudo.

Desta forma, reconhecemos que todas as circunstâncias são úteis e que revelam novos caminhos e novos entendimentos que nos revelam tudo o que precisamos para acelerar o caminho até o real propósito que estabelecemos como nossa única e real meta, por ser o único destino real chamado realidade.

É nessa visão, a partir desse real propósito, que conseguimos ver que todas as circunstâncias e suas mudanças são verdadeiramente úteis. 

A partir do estabelecimento do real propósito, nos permitimos a alegria de ver e ser contente, em pleno estado de gratidão, por recebermos tudo o que precisamos para que possamos reconhecer a nossa unidade entre todos e com Deus.

 Nessa união, fortalecemos todas as possibilidades do caminho que trilhamos juntos e nos devolvemos nossa real condição de existir na perfeição que recebemos de Deus.

A partir disso alcançamos o estado de visão que nos coloca acima de todas as circunstâncias, pois reconhecemos nelas as dádivas que atendem as nossas reais escolhas nascidas no estabelecimento do real propósito.

A partir disso, recebemos todas as mudanças e todas as ofertas com gratidão e sem medo, pois encontramos a confiança na perfeição contida na lei da realidade estabelecida por Deus que nos atende perfeitamente aos nossos pedidos pela verdade e pela paz.

Nessa visão, todas as mudanças são vistas como úteis e trazem consigo a alegria natural da confiança que não julga, mas aceita e agradece.

Nessa visão, a gratidão está sempre presente pois, mesmo não compreendendo tudo a princípio, vemos a certeza de que a compreensão virá para trazer os motivos que justificam a gratidão antecipada que sentimos por justa causa.

Isso é realmente assim, quando entregamos todas as nossas preocupações a Deus e pedimos apenas orientações sobre qual é a nossa tarefa nesse contexto e a executamos com a alegria e contentamento que compartilhamos com todos que nos chegam, não por acaso, mas pelo justo encaminhamento de Deus, a partir de nossas verdadeiras escolhas.

Vamos então colocar em nossa vida um real propósito e nos uniremos nele. Juntos entre nós e juntos com Deus, conseguiremos ver em todas as circunstâncias, a força de realização que há em tudo o que recebemos e que nos permite acelerar nosso caminho de volta ao que realmente somos.

Se quiser saber mais sobre real propósito, baixe nosso e-book: Sua Real Motivação Está No Seu Verdadeiro Propósito.

Deixe um comentário:

Assine Nossa good news!

Você receberá um e-mail aos domingos com nossa News

Coexiste Good News

Coexiste Good News

Receba as novidades da Coexiste em seu e-mail!

Assine
a newsletter da Coexiste

Você sabia que pode receber no seu email a curadoria dos principais conteúdos da semana da Coexiste? Assine e receba Coexiste Good News todo domingo de manhã ☕️💌

Ao assinar a newsletter, você aceita nossa política de privacidade