fbpx

Um final feliz para todos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Já percebeu que na mente de todas as pessoas tem uma ideia de final feliz? Todos esperam por isso. Entenda de onde vem esse querer e como ele é possível
Final feliz

Roteiro do episódio #90 “Um Final Feliz Para Todos” do podcast Não Dá Pra Desouvir, com Kaw Yin e Yan Yin.

Olá, meus amores!!! Sejam bem-vindos!…..

E vamos lá para mais uma conversa gostosa e hoje sobre algo que todos pensam e todos querem: um final feliz!

Pois é… o final feliz é o que há de mais esperado em todas as histórias de todas as pessoas. 

Tudo, absolutamente tudo o que motiva as pessoas a investirem tempo e recursos em algo, é a esperança de que vai encontrar um final feliz nessa história!

Tem até aquele ditado que diz: O final é sempre feliz, se vc não está feliz, é pq não chegou no final!

Então vamos entender melhor esse assunto? UM FINAL FELIZ PARA TODOS

O que será que há na mente e no coração de todas as pessoas sobre a certeza de que um dia a felicidade vai chegar para todos?

Há uma ideia na mente de todo mundo de que o final de todas as histórias será feliz.

Mesmo que isso intelectualmente pareça utopia, todo mundo quer um final feliz para todas as histórias.

Tanto que as histórias infantis sempre terminam com um final feliz, ou as novelas, no final todos se dão bem e terminam bem.

Tudo bem que às vezes o “dar certo” é entendido como os vilões se dando mal…

Porém, mesmo os vilões das histórias, quando ocorre do vilão mudar de ideia e se tornar alguém bom, que passa a cuidar das pessoas e amá-las, isso emociona.

Mesmo aqueles que, temporariamente se deixaram levar por ideias de corrupção, violência, vingança e que assumiram qualquer posicionamento tido como desonesto e mau, ao se decidir por se converter ao amor, geram emoções amorosas em quem assiste.

Isso significa que todos esperam um final feliz para todos, inclusive para os vilões regenerados.

Mas de onde vem essa esperança, se o final feliz só acontece nas histórias de conto de fadas?

É pq isso realmente é assim. 

Realmente o final feliz é certo para todos, simplesmente por que o contato com a Realidade é certo para todos, e isso está em algum nível no inconsciente da humanidade, pois há um lugar dentro de nós que sabe a Verdade sobre a nossa Existência, a Verdade de que a nossa Existência é feliz em si mesma, e o retorno à nossa Realidade Feliz é certo. Isso está na mente de todos e isso se manifesta em diversos aspectos, ainda que o dia a dia das pessoas demonstrem o contrário.

Então, já mais consciente dessa certeza em nossa mente, a certeza de que o final feliz é inevitavelmente certo para todos, vamos usar isso a nosso favor?

A primeira coisa a se admitir na certeza de que o final feliz é certo, é que EU NÃO SEI as decorrências das escolhas de cada um

Há uma forte tendência em julgar qualquer acontecimento na “vida” ou na história de qualquer pessoa. Uma ideia de que as coisas, sejam pra mim ou pra qualquer pessoa, deveriam sair assim, ou assado, deveriam seguir esse rumo e não aquele, ou fazer certas escolhas e não outras. E mesmo fazendo as escolhas que seriam as “certas”, elas deveriam decorrer da maneira que eu acho que deveriam decorrer. 

É uma ideia de erro que julga qualquer situação ou ocorrência como ruim, indesejada, errada, impertinente, mal vinda, como se aquele que julga soubesse o efeito daquela cena no processo evolutivo da pessoa. 

Como saber o efeito de cada escolha, cada ação, cada decisão, cada interação na vida de alguém? Não tem como saber.

Como saber o que cada experiência gerou de aprendizado no caminho de cada um? Não temos como saber.

Como saber a sequência em cadeia de acontecimentos gerada por uma ação, uma fala, um gesto, uma decisão? Não temos como saber.

Então, porque emitir qualquer opinião sobre qualquer acontecimento na Terra, se não sabemos as decorrências dele? Por que falar mal das coisas ou das pessoas se não sabemos porque aquilo está acontecendo e nem os resultados disso?

A certeza de não saber o que é melhor para cada pessoa em cada momento, abre a mente para entrarmos em CONFIANÇA. Pois é nesse momento que começamos a compreender e começamos a Ver que há uma pertinência e um encaixe perfeito em todos os acontecimentos e em todas as cenas. 

Há um trecho do livro do Kaw Yin que conta uma experiência que ele teve exatamente com esse assunto, uma experiência que trouxe a ele, na época, a compreensão perfeita de que nenhum julgamento era válido, em nenhuma situação. Uma experiência que o fez parar de julgar definitivamente, justamente por ver que qualquer cena, por mais absurda que pareça, decorre em direção a um inevitável final feliz. 

Vamos ler um trecho do livro aqui, que fala dessa parte:

“Com essa experiência, eu pude ver que tudo que havia ocorrido na história daquela pessoa estava perfeitamente ajustado a cada momento, respeitando as condições de habilidade para o entendimento do que cada cena poderia ensinar-lhe. Pude ver que a pessoa havia dado o máximo de si, em todos os momentos, e que suas posturas eram totalmente compreensíveis, compatíveis e pertinentes, tendo em vista todas as condições envolvidas em cada cena, isto é, o grau de entendimento, as estruturas conceituais e a decorrente ótica, que definia, em cada instante, as suas escolhas.  Pude ver que o que parecia absurdo, em um determinado momento, acabava encontrando, mais adiante, o seu devido complemento ou o seu devido ajuste, tornando todo o conjunto absolutamente pertinente, e onde eu pude ver, com muita clareza, coisas que ajustaram conceitos fundamentais em minhas buscas, como:

Todas a relações são máximas.

Tudo está perfeitamente ajustado, levando em conta a estrutura de todos os envolvidos em cada cena.

Todos chegaremos a um mesmo lugar, e é só uma questão de tempo.

Todas as relações têm seu tempo, sua forma e sua duração, vinculadas ao máximo que cada um pode dar e receber em cada momento.

Qualquer julgamento que acarrete qualquer condenação, para si ou para os outros, é uma postura equivocada, devido ao desconhecimento dos desmembramentos e do real significado de cada item do contexto.”

Eu Sei a Verdade e Meu Celular é (11) 9931-3521 – Kaw Yin

Essa experiência está descrita no capítulo 21 do livro, caso você queira conhecer a experiência completa. Esse livro pode ser encontrado na Amazon. 

Por ora, neste momento, gostaríamos de entregar a vocês o sossego que temos no coração, que vem da confiança de que tudo está perfeitamente ajustado às condições de cada momento, ainda que não tenhamos a plena compreensão disso, mas que compreenderemos um dia, e que nenhum julgamento é devido, nenhum julgamento é honesto diante da certeza de que tudo, absolutamente tudo está levando todas as pessoas ao encontro com a felicidade perfeita, independente do tempo necessário para que isso ocorra.

Vamos então seriamente essa semana, olhar para todas as cenas e não julgar. Vamos olhar para cada acontecimento e pensar: “Eu não sei porque isso está acontecendo”. 

Não vamos adjetivar, categorizar, encaixar no passado, ou encaixar em algum conceito. Vamos apenas observar e lembrar que aquele acontecimento encontrará, mais adiante,o seu devido complemento ou o seu devido ajuste, tornando todo o conjunto absolutamente pertinente, seguindo seu caminho ao inevitável final feliz.

Bora treinar então?

Aliás, se você quiser conhecer melhor esse livro, você pode participar do curso com o autor! Isso mesmo, um curso com Kaw Yin e Yan Yin, totalmente online, sobre essa obra tão didática e importante para a compreensão do que é esse mundo e sobre a Verdade da nossa Existência.

Entre no site coexiste.com.br e se inscreva para o curso do livro Eu Sei A Verdade e Meu Celular é (11) 99831-3521. Na inscrição você já ganha acesso ao livro digital pelo aplicativo da Coexiste.

Ok, amores? Então boa semana, de mente aberta e coração tranquilo, na certeza de que nossa Realidade é FELIZ, e que estamos caminhando para ela inevitavelmente!

Beijos!! Até a semana que vem!

Deixe um comentário:

Assine Nossa good news!

Você receberá um e-mail aos domingos com nossa News

Coexiste Good News

Coexiste Good News

Receba as novidades da Coexiste em seu e-mail!

Assine
a newsletter da Coexiste

Você sabia que pode receber no seu email a curadoria dos principais conteúdos da semana da Coexiste? Assine e receba Coexiste Good News todo domingo de manhã ☕️💌

Ao assinar a newsletter, você aceita nossa política de privacidade