fbpx

Como as mentes interferem nos ambientes

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Você já notou que alguns ambientes são pesados, carregados, confusos… e outros ambientes são aconchegantes, gostosos, convidativos, tranquilos? Já notou como a vibe muda de ambiente para ambiente? O que faz a energia de um ambiente ser tão diferente de outro ambiente? E o que faz a energia de um ambiente mudar?
Mentes interferem nos ambientes

Roteiro do episódio #67 do podcast Não Dá Para Desouvir, com a Kaw Yin e Yan Yin:

Você já se sentiu bem em alguns ambientes e mal em outros ambientes? Sabe aquela frase que as pessoas falam… “Energia pesada aqui, né?” ou então… “Nossa, que lugar gostoso, que vibe boa!”. Pois é, com certeza você já passou por situações assim e já teve muita vontade de estar em ambientes calmos, tranquilos, e até descansativos. Mas o que faz os ambientes terem uma sensação cansativa ou descansativa? Seriam os objetos? A decoração? A quantidade de plantas? Seria a música ambiente? Seria esse conjunto todo? Sim, esse conjunto conta muito, mas tem algo decisivo na montagem desse ambiente tranquilo: a mentalidade das pessoas presentes. 

E é por isso que hoje nós vamos falar sobre COMO AS MENTES INTERFEREM NOS AMBIENTES

Eu sei que parece uma coisa óbvia, e que você pode estar pensando “Mas é claro que as mentes interferem nos ambientes”, pois é… só que as pessoas não sabem exatamente como isso acontece.  

É óbvio que mentes agitadas, cheias de pensamentos deixam os ambientes confusos, mas há um detalhe que deve ser observado toda vez que você percebe que começa a ficar muito cansado num ambiente ou situação, que é: Qual o nível de opinião que as pessoas envolvidas estão emitindo? 

Isso mesmo, OPINIÃO. Esse é o fator que torna os ambientes mais ou menos cansativos. Quanto mais opiniões, mais defesas. Defesa e ataque são a mesma coisa. Um ambiente cheio de opiniões é um ambiente cheio de defesa e ataque, e ambos cansam muito.

Mas por que as pessoas acham tão importante defender uma opinião?

O que são opiniões afinal?

Opiniões são argumentos da personalidade que cada um acredita que define a sua própria existência. Sendo assim, parece que defender uma opinião é defender a si mesmo, ou defender a sua vida ou a sua existência.

Como sair disso então?

Como fazer essa transição?

DOS CANSATIVOS CONFLITOS DE MENTES CONFUSAS À PAZ E O DESCANSO DE UMA MENTE QUIETA

O mundo é um complexo de incontáveis cenários, em cuja diversidade de pensamentos, ideias, conceitos e crenças, encontramos uma superlotação de opiniões que se compõe em movimentos multidirecionais, multifuncionais que, individualmente, performam em cenas multiformes que cansam a mente de quem percebe e tenta encontrar, nesse turbilhão energético, uma forma de captar elementos que contribuam para suas metas individuais e separadas, determinadas por sua personalidade, exclusivamente montada, em sua história particular e que, a partir disso, cada um espera arquitetar um caminho que traga a sua felicidade também individual, em uma vida entre nascimento e morte, inventada para ser pessoal e separada de todo o universo.

Obviamente, você terá dificuldades em compreender esta frase, porque ela define uma situação que só pode ser compreendida a partir de uma mente que não coloca nenhuma intenção de buscar uma reinterpretação pessoal, ou seja, é necessária uma audição isenta, porque essa visão de mundo, tem a intenção de unificar metas e de reconhecer que é, nesse único caminho unificado que a paz e a felicidade podem ser encontradas.

Então vamos compreender o que está sendo dito, porque, sem essa compreensão, o mundo se torna muito mais difícil do que esse arranjo de palavras que podem ajudar a simplificar a compreensão deste mundo e torná-lo menos cansativo.

Vamos lá então, explicando a primeira frase:

O mundo é um complexo de incontáveis cenários, em cuja diversidade de pensamentos, ideias, conceitos e crenças, encontramos uma superlotação de opiniões.

Não é difícil de compreender e de ver que isso é assim, observando os relacionamentos entre pessoas e situações.

Opiniões que se compõe em movimentos multidirecionais, multifuncionais que, individualmente, performam, em cenas multiformes, que cansam a mente de quem percebe.

Essas opiniões, formam um complexo conjunto de movimentos com intenções específicas e com funções específicas, determinadas pela individualidade de cada um dos indivíduos que participam desse subsistema que você está observando.

Cansam a mente de quem tenta encontrar, nesse turbilhão energético, uma forma de captar elementos que contribuam para suas metas individuais.

Essas opiniões, esses movimentos a partir de desejos e metas pessoais cansam a mente de quem olha toda essa energia em movimento e tenta encontrar uma forma de interpretar e de captar elementos que contribuam com suas metas também individuais.

São metas separadas, determinadas por sua personalidade exclusivamente montada em sua história particular.

Cada um, em sua história particular, aprende que sua vida é separada e que se faz através da satisfação de metas da sua personalidade que, agora, ele acredita que define sua existência, suas necessidades e seus gostos pessoais.

E, assim, a partir disso, com sacrifícios, muitos investimentos e sofrimentos, cada um espera arquitetar um caminho que traga a sua felicidade também individual.

Mesmo a vida sendo cansativa, as pessoas vivem na esperança de que com sacrifícios, cansaço e muito investimento em seus planos pessoais, a felicidade tem que ser alcançada  e, assim passam a vida investindo no que acreditam.

Acreditam em uma vida entre nascimento e morte, inventada para ser pessoal e separada de todo o universo.

Acreditam que cada pessoa é uma vida separada que está dentro de um corpo separado com necessidades separadas e que, por ser um corpo vulnerável, pode ser atacado, necessitando de defesas em um ciclo de nascer, crescer, reproduzir e morrer.

Percebem que tudo isso cansa muito? Entenderam por que parece ser tão importante defender uma opinião? Então, ambientes com muitas pessoas defendendo o que pensam, ainda que não verbalizando isso, deixam o ambiente muito confuso e muito cansativo, pois é fácil você também entrar em posição de defesa num ambiente tão defendido.

Mas há uma saída para tudo isso.

Há um outro jeito de olhar, há um outro jeito de se relacionar com todos e com o cenário.

Há um outro jeito de Viver. Há um jeito Verdadeiro de usufruir das dádivas da Real Visão que nos traz a Real Beleza da Vida.

Você se acostumou a ter um dia cansativo e depois descansar para um novo dia cansativo.

Você se acostumou a discutir opiniões e a lutar pelas suas opiniões.

Você se acostumou com a cansativa tarefa de disputar um espaço em um cenário visto como um complexo conjunto de oportunidades limitadas e seletivas, no qual, os mais adaptados ou mais habilitados, ou ainda, com maior astúcia, tendem a levar vantagem e deixar outros na carência do que não conseguiram conquistar.

Quando você percebe que o mundo está composto por esse quadro formado por esse complexo sistema de metas personalizadas, você começa a compreender porque que você se cansa tanto, diante de tantas opiniões divergentes e metas que se contrapõe e que disputam um espaço em um cenário entendido como o lugar onde, cada um defende os seus interesses particulares.

A partir dessa compreensão, você começa a ter um interesse diferente de tudo isso para buscar aquietar esse turbilhão de contraposição de ideias, abandonando significados irreais, para começar a descobrir como valorizar, tão somente, a Vida que está por detrás de tudo o que pode ser percebido pelos limitados sentidos de um corpo.

É nesse momento que você começa a se interessar verdadeiramente em trocar ideias pessoais e limitadas numa história individual, pela sabedoria que traz o conhecimento universal, capaz de incluir a todos e de conciliar benefícios, de forma a descobrir que não há perdas ou prejuízos quando se alcança a Verdade que abrange a tudo o que, de fato, existe. 

Então, quando você perceber que o ambiente está confuso, cansativo, defendido demais, há algo que você pode fazer: Desistir de defender seus pensamentos e opiniões e optar pela sabedoria, ou seja, optar por simplesmente aquietar todos os seus próprios julgamentos, criticas, opiniões, achismos, quereres, e principalmente seus medos, para que seu Amor tome conta da sua sensação interna e você consiga apenas observar com carinho o que acontece no ambiente. 

A sua mente quieta pode ser o primeiro ponto de mudança de vibração do ambiente. A partir da sua quietude, pode ser que outras pessoas também desistam da disputa e então a situação possa começar a caminhar para soluções.

O compromisso com a Verdade nos coloca diante do mundo com a mente aberta, de uma tal maneira que podemos contar com conhecimentos universais que não encontram barreiras em nossa mente para nos munir de ferramentas para trazer a paz para nossa mente e para o mundo.

Não estamos sozinhos nesse trabalho e se optarmos por baixar o nível das opiniões para dar espaço para a sabedoria, jamais deixaremos de receber ajuda, ferramentas e orientação para esse projeto de unificação universal de meta, cujo único direcionamento é a Realidade, cuja Fonte de existência é Deus.

É nessa decisão pela Verdade que começamos a perder o interesse em manter e disputar opiniões para abrirmos a nossa mente para a quietude que traz a sabedoria universal, em cujo poder está o poder e o Amor de Deus.

DESCRIÇÃO:

COMO AS MENTES INTERFEREM NOS AMBIENTES

Você já notou que alguns ambientes são pesados, carregados, confusos… e outros ambientes são aconchegantes, gostosos, convidativos, tranquilos? Já notou como a vibe muda de ambiente para ambiente? O que faz a energia de um ambiente ser tão diferente de outro ambiente? E o que faz a energia de um ambiente mudar? Já percebeu que o jeito de pensar das pessoas, e o que elas sentem, influenciam no ambiente? Mas como? Como as mentes interferem nos ambientes? Quer saber? Então dá o play para ouvir essa resposta de Kaw yin e Yan Yin nesse episódio de hoje que está pra lá de importante. 

Deixe um comentário:

Sobre

Esse é o Blog da Coexiste! Fica por perto que você vai ficar sabendo de tudo o que rola por aqui: atividades, experiências, cursos, workshops, dicas, matérias, conversas, tudo recheado de muita, muita sabedoria totalmente aplicável ao seu dia a dia. A Coexiste é um centro de treinamento existencial, uma escola que tem o objetivo de desenvolver metodologias, em muitos formatos, para elevar o status de consciência até que todos alcancem a plena consciência da Verdade sobre a Vida, sobre o mundo, sobre Si Mesmos e sobre Deus.

Posts Recentes

Vídeo em Destaque

Nas Redes

Assine Nossa good news!

Você receberá um e-mail aos domingos com nossa News

Coexiste Good News

Coexiste Good News

Receba as novidades da Coexiste em seu e-mail!